Meu cliente quer “pausar” o contrato. E agora?

Para falar desse assunto de forma bem didática, vamos imaginar um caso prático:

Fulana tem uma empresa de doces e contrata a sua empresa para fazer o gerenciamento das mídias socias da empresa. Vocês fecham um contrato de 6 meses e sua empresa ficará responsavél por desenvolver as pautas de conteúdo, criar os layouts e as legendas, desenvolver roteiros de stories e analisar as métricas de desempenho.

Logo no final do primeiro mês de contrato, Fulana percebe que o serviço depende muito mais dela do que ela poderia imaginar. Ela não tem tempo de aprovar os posts, não envia fotos dos bolos e doces, não quer gravar os stories e nem opinar nos conteúdos.

Nesse momento Fulana tem uma grande ideia: pausar o contrato com sua empresa até que ela se organize e tenha tempo de cumprir com as responsabilidades dela dentro do contrato.

O que você faz?

Bom, sei que você deve pensar: “se eu não aceitar vou perder essa cliente para sempre”. Aí com esse pensamento você aceitar pausar, mas esquece de observar a situação como um todo.

1º ponto: Se o contrato diz de forma clara que a Fulana precisa aprovar posts, entregar conteúdo, fotos, etc e ela não está cuprindo com isso, ela está descumprindo o contrato.

2º ponto: Se não existe previsão contratual para essa pausa, você não tem obrigação de pausar.

Outros pontos, não jurídicos, mas fundamentais:

Você preparou seu caixa para receber aquela quantia pelos próximos meses, você contratou um designer para ajudar na demanda, você organizou sua agenda, etc. Não é correto e nem justo que você prejudique sua empresa aceitando algo totalmente desproporcional.

Pausar o contrato, nesse caso prático que trouxe aqui, só beneficiaria a empresa da Fulana. Além disso, você não terá garantia de quando ela voltará com os serviços.

Normalmente essa solicitação acontece quando o cliente quer encerrar o contrato, mas se depara com a multa por descumprimento ou com a multa por rescisão antecipada, mas busca maneiras alternativas para se ver livre desse pagamento.

Portanto, fique atento(a)!

Tenha um bom contrato e sempre que tiver dúvida como agir com seu cliente, use o contrato para encontrar uma melhor saída.

Compatilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Insigths

CONTRATOS

Quem é Ludmila Gonçalves

CURIOSIDADES ALEATÓRIAS:• nasci em Belo Horizonte• sou a mais nova de 3 irmãos• não tenho religião, me apego a espiritualidade• pessoas inteligentes me atraem• estou

ler mais »